A Casa de Baixo apresentou uma candidatura ao Sistema de Incentivos "Vales Internacionalização", do Programa Operacional do Centro tendo sido a mesma aprovada com um custo previsto total de 20.000,00€ e cujo apoio se prevês ser de 15.000,00€. O projeto tem uma duração de um ano e corresponde à tipologia "Prospeção e presença em mercados internacionais (Prospeção e captação de novos clientes)

Justificação do projeto

A "Casa de Baixo" tem como "target" o "Cliente" proveniente de um mercado com elevado poder de compra em que valoriza o sossego, a qualidade do equipamento, o serviço personalizado. A estratégia passa pelo enfoque no clientes estrangeiros, proporcionando uma experiencia impar (diferenciação) em contacto com a natureza, dando enfoque ao contacto com espécies autóctones como por exemplo a convivência com cavalos garranos, vacas cachinas, ovelhas de raça bordeleira. Em relação à flora o contacto com medronheiros, carvalhos, azevinhos e azereiros, são exemplos proporcionados pela oferta da Casa de Baixo. Serão proporcionados passeios pelas levadas situação única em Portugal continental, apenas replicada pela Ilha da Madeira. O segmento de mercado que se pretende e para o qual a Casa de Baixo concorre é para um mercado com elevado poder de compra em que valoriza o sossego, a qualidade do equipamento, o serviço personalizado.

Enquadramento do projeto

Analisando as vendas, segundo os dados disponíveis no Turismo de Portugal, a taxa de ocupação dos quartos em estabelecimentos hoteleiros em 2013 no nosso país foi de 53,2%, sendo que no Centro foi de 35,8%. A "Casa de Baixo" tem como principais clientes o mercado nacional mas pretende ter uma oferta diversificada adaptada às necessidades dos clientes estrangeiros. Nesse sentido pretende conhecer o seu perfil e as suas necessidades realizando ações de Prospospeção e Captação de clientes através deste projeto de internacionalização.

Descrição do projeto

A "Casa de Baixo" tem os seguintes Objetivos estratégicos:

  1. Criar um empreendimento turístico alternativo, onde se concilia o rústico com a modernidade;
  2. Oferecer um leque de serviços de excelência e qualidade aos seus clientes;
  3. Dinamizar a atividade económica e cultural da região;
  4. Promover a Serra da Estrela e a Serra do Açor, dando especial enfoque ao Rio Alvoco, com as suas paisagens e açudes paradisíacos, como um destino natural inigualável;
  5. De modo a atingir os objetivos acima indicados a "Casa de Baixo" pretende implementar um Projeto de Internacionalização que permita não apenas conhecer o perfil e as necessidades dos clientes estrangeiros como também realizar ações de divulgação externas em países como a Alemanha, a Holanda e o Reino Unido)

RESULTADOS ESPERADOS

A "Casa de Baixo" tem os seguintes Objetivos estratégicos:

  1. VENDAS - Média de 7 Dormidas por semana (o equivalente a 43.800 € / ano )
  2. NÚMERO DE CLIENTES - 365 clientes no final do ano (40% de Estrangeiros)
  3. QUOTA DE MERCADO - 0,05% (20,7% de quota de dormidas no Centro de Portugal Continente